Seleção Armazem Vieira.jpg

COQUETÉIS

As bebidas alcoólicas são fruto da curiosidade dos homens de experimentar um líquido fermentado, outros a ideia de destilar, filtrar, retificar e aromatizar. Hoje conhecemos grande quantidade de bebidas, bebeu-se muto e continuamos bebendo para melhorar sabores, buquês, qualidade, apresentação e cores. 

Com uma grande gama de bebidas pode-se fazer diversas combinações, surgindo assim os tão apreciados coquetéis. Um dos coquetéis mais antigos e famosos é o Ponche, seu nome vem da palavra Persa "Per", da palavra Hindu "Pão" e da inglesa "Punch" que quer dizer “Cinco Ingredientes”, os ingredientes que compõe o Ponche são o álcool, o açúcar, o limão, o chá e a canela.  O Ponche na America Latina é feito com vinho branco ou espumante, um destilado (cachaça, preferencialmente) e frutas.

O Ponche passou a ser conhecido como "Grog" (grogue), em homenagem ao Almirante que o inventou (Edward Old Grog) no século XVIII para divertir e evitar o escorbuto dos marinheiros da marinha real inglesa.

ARMAZEM VIEIRA

Pictograma de desenho encontrado em Tepe Gawra, na Mesopotâmia, datado de 4.000 aC. Mostra duas pessoas bebendo cerveja em jarras com grandes canudos.

Sua receita tinha esta exata quantidade: One of Strong, Two of Sweet, Three of Sour and Four of Week (uma de aguardente (cachaça), duas de açúcar, três de limão, e quatro de chá), complementando com canela em pó.

Durante a recessão nos Estados Unidos, no inicio do século XX, os coquetéis alcançaram o auge, porque escondiam os destilados de baixa qualidade que se fabricavam clandestinamente. Um dos coquetes mais famosos desta época era o Dry Martini.

ARMAZEM VIEIRA

Ashurnasirpal II, rei da Assíria de 883 a 859 aC, segurando uma tigela de vinho e criados espantando as moscas.

O Armazém Vieira o convida a experimentar estas misturas que evocam o passado e que no presente despertam nossa imaginação. Ganhador de diversos prêmios de coquetéis de cachaça o convida a visitar esta página ou o INSTAGRAM (clique aqui).

 

Temos também mais de 300 tipos coquetéis, quentes, frios, longos, curtos, coloridos, transparentes, apimentados, com ou sem álcool, nacionais e internacionais. São muitos anos estudando, inventando, fazendo e aperfeiçoando estas misturas para agradar a todos.

MISTURAS, CORES E HISTÓRIA